Only Love

Eu não sei onde foi que me perdi. Sei que faz tempo e faz mal. Sei das noites que a sensação de ausência me manteve desperta e sem vontade de qualquer coisa. Eu me criei vazia e não soube preencher. Eu sei que você vai ler, e eu resolvi escrever porque sei que mais ninguém no mundo entenderia, você é o único que lê meus textos e sente o tanto ou o muito de mim neles, sem enganos. A razão de machucar tanto essa separação é porque nossas almas são conectadas. Talvez sempre foram e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez em cada uma delas, nós fomos forçados a nos distanciar pelas mesmas razões. Isso significa que este adeus é um adeus pelos mil anos passados e um prelúdio do que virá. Quando eu olho para você, eu vejo sua beleza e graça e eu sei que ela aumentou a cada vida que você viveu. E eu sei que eu gastei cada vida antes dessa procurando por você. Não alguém como você, mas você. Porque nossas almas sempre devem estar juntas. E por alguma razão que nós desconhecemos, fomos forçados a dizer adeus. E eu posso te dizer que o tudo estará trabalhando por nós, e eu prometo e farei de tudo para me certificar disso. Mas se nós não nos encontrarmos mais e esse for verdadeiramente um adeus, eu sei que nós nos veremos outra vez em uma outra vida. Eu sei que nós nos encontraremos em outra vida. Nós vamos nos ver de novo, e talvez as estrelas tenham mudado, e nós nos amaremos não só por essa vida, e sim por essa e todas as outras que vivemos antes. Pode ser que a minha insistente diplomacia não seja mais a que se pensava, e talvez o meu sorriso não seja mais o que esperavam ver pintado ao lado do teu numa foto qualquer, de um desses dias que tínhamos o dom de transformar em dias especiais…Pode ser que realmente a distância seja um pouco grande pra tanta fome de presença, mas onde fosse preciso ir pra te encontrar, ali eu estaria, até o dia em que eu chegaria pra não mais partir. Quando te pedi um abraço, fiquei com medo de receber um não, mas quando eu te apertei, quando senti teu perfume, que pra mim é o melhor do planeta, senti que continua sendo o melhor abraço do mundo, mesmo que por alguns segundos. Tive vontade de falar: não me solta nunca mais, por favor… Mesmo sabendo que era impossível, eu queria congelar aquele momento, e viver a eternidade nele. Os olhos continuam brilhando mesmo tímidos ao se reverem. Sabe o que eu tenho vontade de fazer? De te segurar bem forte e exigir que não deixe mais uma vez nosso amor passar, mesmo sabendo que a culpada fui eu. Que não deixe nossa afinidade se perder por aí, mais uma vez. E que nada possa se repetir e que dessa vez a gente possa olhar tudo lá de cima e sentir que nossos erros valeram a pena. Acontece que, até hoje, não houve UM SÓ DIA em que eu não me lembrasse daqueles NOSSOS dias. E até hoje não houve UM SÓ DIA eu que eu não me lembrasse de você! Eu tenho sentido muita saudade. Da tua pele, do teu cheiro, da tua voz no meu ouvido, do teu pé gelado, da tua teimosia, das tuas mãos. Era só dizer que me amava.  “Mas só na sua frente eu posso sentir todo o meu amor.” Mesmo que você esqueça, mesmo que você finja que nada aconteceu, ainda que você consiga olhar pra dentro dos meus olhos e não lembrar da quantidade de água que saiu por sua culpa, ainda que formem arco-íris de novo, ainda que você não ouça mais certas músicas e lembre de mim, ainda que a raiva que você sinta da idiotice que eu fiz não passe, ainda que você não se sinta mais invadido cada vez que você fale com qualquer pessoa que faça parte do meu mundo, ainda que você não queira mais se esconder, que não se importe em contar pra mim como está a sua vida, que você não tenha medo de estragá-la de novo, ainda que você volte a se sentir meu, ainda que você não sinta mais vontade de nunca mais olhar pra mim, ainda que você volte a ler coisas melhores do que esses textos inúteis e tristes e amargos feito este, ainda que você consiga ser melhor do que eu, ser mais feliz, ser mais amado, ser maior do que tudo isso, ainda que ouvir o meu nome não coloque mais um sorriso no seu rosto, existirá sempre esse abismo enorme entre nós dois, que é a diferença infinita da definição do meu amor para o seu. Enfim: nada, nada mudou e eu continuo amando você mais do que amei qualquer outra pessoa nessa vida. E sei que mesmo em caminhos diferentes e mesmo daqui a 30 anos, meu coração será só seu porque você é o único que sabe o que fazer com ele. 

Gosto apenas de tê-lo ao meu lado, e de como tudo se multiplica.

Gosto apenas de tê-lo ao meu lado, e de como tudo se multiplica.

“Eu já matei você mil vezes e seu amor ainda me vem. Então, me diga: quantas vidas você tem?”

“Eu já matei você mil vezes e seu amor ainda me vem. Então, me diga: quantas vidas você tem?”

"A verdade é que, no meio da multidão, estamos carregando nossas malas pesadas de riquezas e belezas e sentimentos. E uma hora, só porque acontece e não se pode explicar sem parecer ingênuo e arrogante, escolhemos uma pessoa que nos leve. Eu sei que é amor porque eu te escolhi pra me levar."
Bom…você me tinha. Você me teve como ninguém mais teria. Mas você preferiu me deixar ir embora. Você também me teve naquela festa ridícula lembra? Eu estava quase implorando pela sua atenção aquele dia, stubb. Mas você tinha bebido demais para pagar de legal para teus amigos babacas e acabou nem me notando. Mas ainda sim, você me tinha. Eu fui sua em Janeiro, em Fevereiro. Você me teve no meu aniversário e também me teve na pascoa. Você me teve todos os dias. Eu era sua mesmo quando não queria. Eu era sua até mesmo quando era de outra pessoa. Você me tinha stubb. Você me teve nas suas mãos, mas preferiu me deixar escapar. Você me tinha tanto, que quando você escolheu me perder, eu obedeci.

Bom…você me tinha. Você me teve como ninguém mais teria. Mas você preferiu me deixar ir embora. Você também me teve naquela festa ridícula lembra? Eu estava quase implorando pela sua atenção aquele dia, stubb. Mas você tinha bebido demais para pagar de legal para teus amigos babacas e acabou nem me notando. Mas ainda sim, você me tinha. Eu fui sua em Janeiro, em Fevereiro. Você me teve no meu aniversário e também me teve na pascoa. Você me teve todos os dias. Eu era sua mesmo quando não queria. Eu era sua até mesmo quando era de outra pessoa. Você me tinha stubb. Você me teve nas suas mãos, mas preferiu me deixar escapar. Você me tinha tanto, que quando você escolheu me perder, eu obedeci.

Não existe fim para aqueles que acreditam em recomeço.

Não existe fim para aqueles que acreditam em recomeço.